O GUIA DO

Como preparar meu filho para enfrentar 36 graus e 15% de umidade?

In Conforto, Saúde on setembro 22, 2019 at 11:43 pm

RODRIGO responde: A criogenia, diante das condições climáticas e sociais do momento, tem sido bastante recomendada. Contudo, a no mínimo US$ 200 mil, pode estar fora do alcance.

Então, para enfrentar o calor e a secura, resta cuidar da hidratação. Água, suco e chá são boas opções; fazer a criança chorar não conta. Solução fisiológica no nariz ajuda a reduzir o desconforto. O bom e velho balde d’água também é ótimo, tanto para melhorar a umidade, como para tropeçar e inundar o ambiente.

Uma dica popular é viajar para Safiabad.

Estou bastante preocupado porque meu filho de 7 anos ainda dorme com um cachorro de pelúcia. O que fazer?

In Psicologia on junho 27, 2019 at 8:47 pm

RODRIGO responde: A questão é bastante séria. Essa preocupação pode indicar solidão, carência afetiva, falta de autoestima e insegurança emocional. Portanto, apesar de a situação ser incômoda, é importante tomar providências imediatas. Cedo ou tarde, é necessário amadurecer, libertar-se das asas da família e enfrentar o mundo real ao nosso redor, sob pena de uma permanência indefinida no universo da primeira infância.

Quanto ao seu filho, ele vai se desapegar naturalmente do bichinho, sem muito aviso prévio.

É adequado levar meu filho de 5 anos para ver “Vingadores: Ultimato”?

In Lazer, Psicologia on maio 2, 2019 at 9:16 pm

RODRIGO responde: Nos Estados Unidos, o filme tem classificação PG-13, o que corresponde a um alerta “enfático” aos pais quanto à (in)adequação de certas cenas para crianças abaixo de 13 anos. A classificação indicativa brasileira é “não recomendado para menores de 12 anos”.

Entre as cenas problemáticas listadas no site IMDB, estão uma em que o personagem **** corta a **** do **** e depois **** uma **** na **** do ****; uma em que o personagem **** várias **** de **** e parece completamente ****; e uma em que diferentes personagens fazem referência à **** do ****.

A grande verdade é que, após uma análise criteriosa, o ideal seria não expor uma criança tão jovem a situações que ela não é capaz de processar da forma apropriada.

A única resposta possível, portanto, é:

LEVA, COMPRA PIPOCA E NA SAÍDA JÁ PEGA OS INGRESSOS PRA VER DE NOVO! QUEM SOU EU PRA ESTRAGAR ESSE MOMENTO ÚNICO ENTRE PAI E FILHO?!