O GUIA DO

Archive for agosto \27\UTC 2012|Monthly archive page

Quantas roupinhas RN preciso comprar?

In Vestuário on agosto 27, 2012 at 2:16 am

RODRIGO responde: As revistas especializadas provavelmente responderiam que o importante é o bom senso, não comprar em excesso, nem deixar faltar, planejar bem de acordo com a realidade do casal. Os amigos pródigos diriam que regular roupinha de criança é coisa de mão de vaca e que “o que sobrar dá pra alguém”. Os médicos aconselhariam projetar o tamanho do recém-nascido com base nos dados fisiomorfológicos disponíveis. Mas a verdade é bem mais simples: nenhuma.

Com que idade as crianças começam a fazer perguntas difíceis?

In Educação on agosto 20, 2012 at 8:13 pm

RICARDO responde: Antes dos dois anos, antes mesmo de conseguirem formular perguntas.

Por volta de um ano e meio, os pais começam a se enrolar com arbitrariedades sem sentido – como o fato de o mamão ser laranja e a laranja ser pera (ou não). Isso sem falar na abóbora, “cor de abóbora”, embora seja da cor do mamão (laranja).

Que estilo de roupa está na moda para meninas de dois anos?

In Vestuário on agosto 15, 2012 at 2:03 am

RODRIGO responde: A roupa das crianças, até os três anos de idade, é mais ou menos como o design dos carros: só importa para quem está do lado de fora. Em outras palavras, por mais cruel que isso pareça, sua bebê provavelmente não vê nenhuma diferença entre aquele vestidinho da Ralph Lauren que você comprou em Nova York e o body de malha que a vovó trouxe da Feira da Lua. E não se esqueça: ela fala, chora e faz cocô, mas não é uma boneca.

Como fazer meu filho dizer papai?

In Educação on agosto 12, 2012 at 8:05 pm

RODRIGO responde: A opção mais simples é recorrer ao famoso método dos 5 “s” do Dr. Karp: sabedoria, sacada, serenidade, sobriedade e suborno. O último elemento, em particular, é apontado como decisivo na definição das primeiras palavras do bebê.

Uma alternativa é a psicologia cognitiva. Em estudo realizado na Polônia, metade dos pais foi orientada a mostrar diferentes objetos aos filhos e dizer o que eram em voz alta, enquanto a outra metade foi instruída a mostrar os mesmos objetos e chamá-los sempre de “papai”. Avaliação posterior constatou que a primeira palavra dita por 93% das crianças do segundo grupo foi “papai”. Já a primeira frase completa foi “papai, quero fazer papai”. Dirigida à mãe.

Os bebês têm alguma afinidade política?

In Psicologia on agosto 11, 2012 at 3:45 am

RICARDO responde: Sim. Eles são todos extremistas radicais. Passam da alegria extrema à crise de choro (e do choro à alegria) em segundos. Para eles, quase tudo é ou maravilhoso ou horrível.

Por sorte, vão ficando moderados com a idade (até virarem velhinhos conservadores e consistentemente indiferentes).

Por que parece que a mulher sempre faz mais que o homem na manutenção básica dos filhos?

In Psicologia on agosto 6, 2012 at 2:19 pm

RODRIGO responde: É como disse a romena Carmen Sylva: “Ao corrigir os erros dos filhos, a mulher mantém-se atenta, acima de tudo, aos erros do marido e de sua família.” Nem sempre a mulher faz mais que o homem, mas, se quer que os filhos tomem banho, comam direito e botem a cueca no cesto de roupa suja, nada mais natural.

Além disso, como o homem já cuida da manutenção do carro, da máquina de lavar e do portão da garagem, não custa nada a mãe cuidar da manutenção dos filhos.

* Pergunta da leitora LUCIANA

O que fazer para meu filho ser um futuro campeão olímpico?

In Educação on agosto 4, 2012 at 11:10 pm

RODRIGO responde: Como a providência mais efetiva, que seria ter seu filho nos Estados Unidos ou na China, já não é possível, você pode tentar: a) mandar seu neném para os Estados Unidos b) mandar seu neném para a China c) pôr seu filho para treinar natação o quanto antes (são 102 medalhas por Olimpíada) e, assim que possível, mandá-lo para os Estados Unidos ou a China.