O GUIA DO

Archive for outubro \26\UTC 2012|Monthly archive page

O que fazer quando o bebê tem um faniquito?

In Psicologia on outubro 26, 2012 at 10:47 am

RICARDO responde: Não tenha um faniquito também. Os bebês nos copiam e, se vocês ficarem alternado faniquitos, pode ter certeza que, na seqüência, ele vai ter o faniquito por último.

Não dê broncas. Ele vai passar do faniquito ao choro – o que está longe de resolver o problema.

Não sente e chore – também não resolve.

Não pule pela janela (há tela nas janelas).

Resumindo: não faça nada. Alguma hora o faniquito acaba.

Por que os olhos do meu bebê lacrimejam?

In Saúde on outubro 25, 2012 at 12:40 am

RODRIGO responde: Segundo os oftalmopediatras, a principal causa do lacrimejamento em recém-nascidos é a obstrução do duto lacrimal, o que impede o escoamento da lágrima até o nariz. Na maioria das vezes, não há conseqüências mais graves, embora um quadro de dermatite ou conjuntivite seja possível. A boa notícia é que a situação se reverte espontaneamente em 90% dos casos.

Mas o que fazer para evitar que seu filho fique nos outros 10%?

Não descasque cebola perto dele. Não assista a Ghost com ele. Não lhe dê uma camisa do Botafogo. E nunca, nunca diga que ele parece com você.

Devo levar meu filho à cabine de votação?

In Burocracia on outubro 7, 2012 at 1:31 am

RODRIGO responde: Depende. Não há empecilho legal à presença do filho na cabine de votação – supondo que não seja um marmanjo de 25 anos, claro. Mas a coisa pode mudar de figura em situações específicas. Pessoas que venderam o voto, por exemplo, devem evitar a companhia dos filhos na cabine, principalmente se não pretendem cumprir o trato: hoje em dia não se pode confiar em ninguém! Já a presença de bebês é desaconselhada nos casos de eleitores que escolheram o candidato pela beleza, porque gostaram da combinação de números ou seguindo a indicação da prima da conhecida do vizinho. É que, se a criança resolver se aliviar bem na hora do voto, serão duas cagadas dentro da cabine.

Quais documentos meu filho precisa ter?

In Burocracia on outubro 3, 2012 at 1:16 am

RODRIGO responde: Pais mais aflitos, e geralmente burocrafóbicos, adoram tirar documentos para os filhos. Carteira de identidade, CPF, passaporte, passe de ônibus, carteirinha do clube, cartão de fidelidade da farmácia… tudo é muito importante e “pode fazer falta” na hora certa – ou errada. A grande verdade, no entanto, é que o único documento que seu rebento vai precisar mostrar por um bom tempo é a certidão de nascimento. E, claro, se for menino…