O GUIA DO

Meu bebê pode ter partido político?

In Vida Social on março 17, 2015 at 2:19 am

RODRIGO responde: Formalmente, não. De acordo com a Lei 9.096/1995, para se filiar a um partido, é preciso estar no pleno gozo dos direitos políticos – o que parece improvável no caso de um bebê.

Isso não impede, porém, a criança de simpatizar com essa ou aquela agremiação. Ela gosta mais de vermelho ou azul? Prefere maior ou menor intervenção do estado? Quer sempre estar no governo? São perguntas essenciais para definir seu perfil político-partidário. Mas, em geral, os bebês seguem os partidos dos pais. Afinal, quem financia, acaba sempre mandando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: