O GUIA DO

Archive for the ‘Higiene’ Category

Como reduzir a sujeira quando meu filho brinca no parquinho de areia?

In Higiene on fevereiro 1, 2015 at 5:00 am

RODRIGO responde: É unanimidade entre pais, babás, educadores, psicopedagogos e desocupados em geral: o parquinho de areia seria a melhor atividade de lazer para crianças de zero a seis anos se não tivesse a areia. Mas o mundo não é perfeito. Diante disso, para evitar os grânulos nas dobrinhas mais recônditas de seu filho – e no tapete que sua tia trouxe da última viagem ao Irã -, o ideal é tomar um cuidado muito simples: não o deixar passar nem perto desses lugares.

Caso você tenha um coração mole e acredite que a felicidade do menino é mais importante que sua sanidade, uma opção é a TrueStar SecureBag Film. Quem usou não reclama.

Qual é a melhor marca de fralda?

In Higiene on fevereiro 3, 2014 at 1:06 pm

RODRIGO responde: A melhor fralda é aquela que não vaza, mas as mães vão tentar convencê-la de que é a Pampers Premium Care, que tem camada ultra suave e ultra respirável, ajuste cômodo e flexível, centro absorvente ultra anatômico e garante até 12 horas de absorção! A cerca de R$ 1 a unidade, e levando em conta a estimativa (exagerada) de dez fraldas por dia, serão R$ 300 por mês jogados no lixinho.

Se você é mais mão de vaca financeiramente consciente, tenha em mente, em primeiro lugar, que nos primeiros meses o bebê faz cocô ou xixi de hora em hora. Ou seja, nessa fase, comprar uma fralda com 12 horas de absorção representa, no mínimo, um desperdício de 10 horas.

Depois disso, embora alguns produtos sejam mesmo mais refinados que outros (e como negar uma loção com aloe à bundinha do seu rebento?), saiba que a principal causa de vazamentos não é a qualidade da fralda, mas sim a mão de obra. Em termos mais claros: o fecho é para apertar bem apertadinho e ajeitar as abinhas na virilha não é frescura.

Com o cuidado adequado, em geral, até a Pompom segura as pontas – e as fezes também.

Como cortar a unha do bebê?

In Higiene on junho 9, 2013 at 8:36 pm

RODRIGO responde: Não acredite na histeria acerca desse milenar hábito de cuidado pessoal: cortar as unhas de bebês não tem nenhum mistério.

Para realizar a tarefa sem maiores dificuldades, você precisa apenas dos seguintes itens: cortador de unha ou tesoura apropriada para criança, corda, manuais de cuidados com bebês, álcool, fósforo, chiclete Wrigley’s.

Com todos os itens à mão, coloque seu filho num lugar seguro, reúna os manuais de bebê numa pequena pilha, encharque com álcool e jogue um fósforo aceso na base. Aguarde esfriar e descarte as cinzas. Depois pegue a corda e, gentilmente, amarre sua esposa. Agora vem a parte mais delicada. Sente a criança no seu colo. Abra a embalagem do chiclete: ponha a goma na boca (a sua) e dê o papel ao pequeno. Pegue a mãozinha direita delicadamente e, com a tesoura, corte a primeira unha. Repita a operação até completar os dedos – são dez nas mãos e dez nos pés.

Não se esqueça de desamarrar sua mulher.

Minha mulher ambientalista não quer que o bebê use fralda descartável. O que fazer para ser sustentável?

In Higiene on maio 17, 2013 at 1:11 pm

RODRIGO responde: Sua mulher pode não estar exagerando: as estimativas mais alarmantes indicam que são usadas mais de 1 bilhão de fraldas por dia no mundo. Considerando que as fraldas descartáveis são feitas basicamente de polímeros sintéticos, um consumo descontrolado pode dar m*, sem trocadilho.

Felizmente o mundo moderno oferece muitas alternativas às fraldas descartáveis. A última moda em Nova York, por exemplo, é criar os bebês, por assim dizer, totalmente livres. Eles vão para lá e para cá, para lá e para cá, e quando estão mais à vontade… deu para entender, né? Já na China, a tradição é o kaidangku, calça com uma fenda que permite à criança se aliviar, com praticidade, em qualquer lugar. A mãe chinesa caminha pela rua com o filho e, ao primeiro sinal de aperto (do neném), encosta numa lata de lixo e… deu para entender, né?

O último recurso é simplesmente reduzir a “pegada de carbono” do seu bebê. Banana, goiaba e maçã são boas opções.

* Pergunta do leitor VALTER

Usar fraldas M num recém-nascido pode dar problema?

In Higiene on maio 29, 2012 at 4:06 am

RODRIGO responde: Há tantas fraldas no mercado que a maioria dos pais não sabe muito bem como escolher. Garibaldo, Mickey ou Cebolinha? Blockgel, Centopéia Flex ou Fita Agarradinha? Nada, porém, causa mais dúvida do que o tamanho. Os básicos P, M e G não bastam; é preciso navegar por outros códigos, como RN, XP, XG e até SXG. O pior é que, a exemplo das roupas para adultos, essas letrinhas não seguem nenhum padrão. A P de uma marca pode servir em bebês maiores que os suportados pela M de outra. Normal. Além disso, ao contrário do que as amigas de hidroginástica da sua mulher dizem, botar uma fralda M no seu recém-nascido não vai resultar em  vazamentos catastróficos ou alergias terríveis. Resumindo, fora o seu filho ficar completamente ridículo, não há com o que se preocupar.

Banho de balde faz bem?

In Higiene on abril 29, 2012 at 3:13 am

RODRIGO responde: Existe um temor infundado em relação ao banho de balde. Vou afogar a criança? Vou quebrar o pescoço do meu filho? Vou me distrair e jogar Omo na água? A verdade é que os bebês pequenos adoram ficar mergulhados no balde. E, se sua avó tomava banho de caneca, um banho de balde não deixa de ser um avanço.