O GUIA DO

Archive for the ‘Segurança’ Category

Meu bebê rola muito e fico com medo de ele cair. Isso é normal?

In Segurança on maio 1, 2015 at 5:55 am

RODRIGO responde: Ele rolar é normal. Você ficar com medo de ele cair, não. Supondo que seu bebê de cinco meses esteja sempre no berço (com a grade levantada) ou no chão, não há risco de queda, por absoluta impossibilidade física. Ah, mas e se o neném dormir sozinho na sua cama king size box com supermolas de aço carbono e tecido de fibra de bambu, sem nem uma almofadinha escorando? Aí não rola.

É preciso tomar algum cuidado especial com as crianças na Copa?

In Segurança on junho 8, 2014 at 2:27 pm

RODRIGO responde: Paranoias à parte, um pouco de bagunça e festa faz bem às crianças pequenas, bastando alguns cuidados básicos para protegê-las das principais ameaças: bêbados, fogos de artifício, fiscais da Fifa, Alemanha, Argentina e Espanha. As mães também devem tomar cuidado com a hidratação das crianças: é melhor deixar prontas antes da partida ou da festa as mamadeiras e as latinhas de cerveja (e, se não for pedir muito, uma batatinha frita). Para quem vai a jogos, é recomendado atentar para a lista de objetos proibidos, que inclui tablets, instrumentos musicais, buzinas e bebês que não param de chorar. Não há problema nenhum em vestir os pequenos a caráter. Um short e uma camisa de tecido leve nas cores do Brasil formam uma boa combinação – o uniforme do Equador cumpre bem a tarefa. Finalmente, é preciso se preparar para responder às perguntas que podem surgir. Por que viemos ver Bósnia e Irã? Como é que esse estádio custou R$ 2 bilhões? E se o Brasil per… Cala a boca, moleque!

Posso levar meu filho para a piscina?

In Segurança on janeiro 20, 2014 at 12:06 am

RODRIGO responde: Esse assunto deixa a maioria dos muitos alguns raríssimos pais de filhos pequenos bastante preocupados – e com razão. Não são só os ralos, que protagonizaram vários episódios trágicos recentemente; dos escorregões aos problemas com produtos usados para deixar a água límpida, as ameaças rondam as crianças que se aventuram nas piscinas. Mas sejamos claros: o grande risco é a bebida. Uma das cenas mais lastimáveis que se pode conceber é um pai com 1,2 dc/l de álcool no sangue lidando com um afogamento. Ser salvo pelo filho de três anos simplesmente não está certo.

Meu filho começou a engatinhar. Como deixar a casa mais segura?

In Segurança on setembro 9, 2013 at 8:08 pm

RODRIGO responde: Para a maioria das mães, a fase em que o bebê começa a engatinhar é uma alegria e também uma preocupação, com a perspectiva de toda sorte de acidentes. Uma apreensão comum é em relação aos cristais austríacos, porcelanas chinesas e esculturas congolesas espalhados pela casa. Ao alcance das mãozinhas do neném, num aparador ou mesinha de canto, as peças deixam as mamães em pânico: afinal, se elas se espatifarem no chão, como substituí-las?

Mas nada de desespero.

Além de equipar a criança com luvas, cotoveleiras, joelheiras e capacete, é recomendável aproveitar o momento para reavaliar a necessidade de tantos objetos. Estudos realizados por pesquisadores gregos em 1998, a.C., mostram que cerca de 40% das peças de decoração numa casa são dispensáveis (35% são inúteis e 25% de péssimo gosto).

Também é aconselhável tampar as tomadas, guardar as toalhas de mesa (já pensou em passadeiras bordadas?), botar protetores de quina nos móveis mais ameaçadores e, claro, montar um cercadinho. Lembrando que, se você for deixar o bebê o tempo todo enclausurado, as outras medidas podem ser dispensadas.

Posso levar meu filho às manifestações?

In Segurança on junho 20, 2013 at 3:38 pm

RODRIGO responde: Muitas mães e pais com filhos pequenos têm sido contagiados pela mobilização popular dos últimos dias. No entanto, na hora de se juntar às manifestações, eles se veem diante de um problema (dois ou mais no caso de gêmeos): o que fazer com as crianças? A preocupação, óbvia, é quanto à segurança dos filhotes, mas não se deve superdimensionar o risco.
Uma primeira providência é verificar a carteira de vacinação. Antes de sair para a marcha, certifique-se de que seu filho está imunizado contra hepatite, pneumonia, bala de borracha, cacetete, gás lacrimogêneo e arbitrariedade.
Também é preciso cuidar para que ele esteja vestido adequadamente. Calça comprida, body de manga longa, joelheira, cotoveleira, óculos, máscara FFP3, colete e capacete são o suficiente. É indispensável levar uma mochila com papinha, mamadeira e fralda.
Se o objetivo for fazer barulho, deixe seu bebê pelo menos 6 horas sem comer antes de sair para o protesto e, principalmente, não deixe ele mexer em nada.