O GUIA DO

Archive for maio \29\UTC 2012|Monthly archive page

Usar fraldas M num recém-nascido pode dar problema?

In Higiene on maio 29, 2012 at 4:06 am

RODRIGO responde: Há tantas fraldas no mercado que a maioria dos pais não sabe muito bem como escolher. Garibaldo, Mickey ou Cebolinha? Blockgel, Centopéia Flex ou Fita Agarradinha? Nada, porém, causa mais dúvida do que o tamanho. Os básicos P, M e G não bastam; é preciso navegar por outros códigos, como RN, XP, XG e até SXG. O pior é que, a exemplo das roupas para adultos, essas letrinhas não seguem nenhum padrão. A P de uma marca pode servir em bebês maiores que os suportados pela M de outra. Normal. Além disso, ao contrário do que as amigas de hidroginástica da sua mulher dizem, botar uma fralda M no seu recém-nascido não vai resultar em  vazamentos catastróficos ou alergias terríveis. Resumindo, fora o seu filho ficar completamente ridículo, não há com o que se preocupar.

Minha filha pode ter contato com animais?

In Saúde on maio 13, 2012 at 3:48 am

RODRIGO responde: O contato com animais é, em geral, ótimo para as crianças. Ajuda a desenvolver a sensibilidade, diverte e até pode lhe dar resistência a alergias. Basta ter os cuidados básicos: mantê-los afastados das fezes (uns dos outros) e não descuidar das vacinas e vermífugos (dos dois). Cachorros e gatos são mais que indicados. Evite apenas, pelo menos nos primeiros meses de vida, expor o pequeno ao cavalo do seu cunhado e à vaca da sua tia.

O uso do microondas pode prejudicar a saúde do bebê?

In Alimentação on maio 11, 2012 at 3:17 pm

RODRIGO responde: Os especialistas divergem a respeito desse assunto. A maioria, no entanto, concorda que em condições normais o microondas não chega a causar danos graves à saúde da criança, pois as ondas curtas são consideradas inócuas. O que se sabe é que, até os três anos, na função grill, a pele do bebê não fica perfeitamente dourada.

Todos dizem que meu filho é lindo: devo acreditar?

In Psicologia on maio 11, 2012 at 2:34 am

RICARDO responde: Você precisa consultar uma pessoa isenta, de preferência uma que não ache que todos os bebês são lindos. Torcedores de times que acabaram de sofrer grandes derrotas costumam ter o tipo de isenção necessário. Pergunte então ao torcedor na porta do botequim mais próximo se seu filho é lindo. Se ele disser “sim, claro”, é porque é. Se fizer um barulho qualquer – como se não tivesse entendido a pergunta – é melhor não perguntar de novo.

SERGIO acrescenta: Parta do princípio de que todo recém-nascido é feio. É sabido. Diante disso, chance quase total de seu neném ser, sim, feio. Ou feia. Portanto, se te falam que seu recém-nascido é bonito, é gentileza. Mas, se falarem que parece com o pai, fique atento. O que parece um elogio pode ser, sutilmente, uma sacaneada.

Ouvi falar, no entanto, de um estudo que diz que é natural o bebê nascer mais parecido com o pai. Seria uma autodefesa dos tempos das cavernas, para sensibilizar o pai a caçar para o rebento, em vez de matá-lo.

Se o neném é maiorzinho, é comum que seja mais bonitinho. Muitos ficam bonitinhos com o tempo… Embora alguns permaneçam feios. Você nunca vai saber a verdade. Se está na dúvida, provavelmente sua criança é feia. É por isso que dizem… o importante é ter saúde.